Como Armazenar o Charuto

umidor_partagas-600x250

Se não forem preservados de maneira correta, os charutos irão perder sua umidade natural e ter sua qualidade comprometida. A umidade ideal dos charutos é de 65% a 70%. Se estiver muito abaixo disso, o tabaco irá ficar seco e quebradiço e quando acesso, irá queimar mais rápido que o normal. Já o excesso de umidade dificulta o fluxo da fumaça e apaga com mais frequência que o habitual. Ou seja, em ambos os casos, as características do charuto como queima, fluxo e qualidade são extremamente afetadas.

Justamente para manter a umidade dos charutos, existem os umidores ou umidificadores. Independente do acabamento externo, que pode ser de laca, madeira, couro, metal, entre outros, é importante que o material interno seja cedro, de preferência o rosa, pois este não interfere nas características do charuto (não passa sabor) e é ótima para manter a umidade.

O tamanho depende muito do seu consumo, tem caixas para 10, 20, 50, 100, 300. Mais do que essa quantidade, na minha opinião, o ideal é dividir em duas caixas umidoras manuais, ou então, partir para as versões automáticas, que se assemelham as caves (adegas) de vinhos.

Nas caixas manuais é necessário ter um efusor, ou seja, uma esponja que deve ser molhada de acordo com a quantidade de charutos no umidor (veja exemplos nas figuras abaixo). Já as automáticas, podem ter um sistema eletrônico de umidificação.

imagem-12 ft_148

Exemplo de umidor com efusor automático.

umidor-de-charutos-liebherr

Para medir e controlar a umidade, em ambos os tipos, é necessário um aparelho que se chama hidrômetro, que na maioria dos casos mostra a umidade e temperatura (ideal para o charuto de 16o. a 18o.). Existem versões analógicas e digitais, essa última, melhor pois tem mais precisão. Abaixo um exemplo de uma caixa com hidrômetro digital.

caixa-umidora-radica-italiana-para-100-charutos

Algumas dicas:

  • Quando comprar seu umidor ou ele ficar vazio, umedeça a parte interna utilizando um pano molhado, pois isso irá ajudar a manter a umidade. Mas é importante deixar alguns dias antes de colocar novamente os charutos, porque não queremos molha-los.
  • Alguns charutos vêm em papel celofane ou tubo de alumínio, esses materiais dificultam a umidificação do charuto, então o ideal é retirar dessas embalagens.
  • Escolha um umidor com divisórias ou gavetas, assim você conseguirá organizar seus charutos com mais facilidade.
  • Se for viajar e quiser levar charutos, existem os umidores de viagem, que são pequenos e próprios para isso. Cuidado ao colocá-los em porta charutos de couro por longo período, porque esse material resseca muito.

Caso não queria investir em um umidor, uma alternativa são os sachês umidificadores (ex. Boveda) que são facilmente encontrados nas tabacarias. Você pode colocar os charutos em sacos tipo Ziploc com esse sachê, que irá preservar muito melhor do que simplesmente deixar na caixa.

Agora que você já sabe que existem umidores para todos os gostos, grandes, pequenos, de diferentes materiais, automáticos ou manuais, caros ou baratos, enfim, com certeza um irá satisfazer as suas necessidades. O importante é que seu charuto seja tratado com o cuidado e respeito que precisa e merece!

Share

Comentários

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *