Cohiba 1966 Edição Limitada 2011

Cohiba 1966 EdiçãoLimitada 2011 (6)

A Cohiba é a marca de maior prestígio e luxo entre os puros cubanos e um dos motivos para ter atingido esse conceito foi o fato de que, por quase 20 anos, produzia charutos exclusivamente para ninguém menos do que Fidel Castro fumar e oferecer como presente a chefes de estados e políticos.

E para comemorar os 45 anos dessa importante marca cubana, a Habanos SA (estatal que controla os charutos em Cuba) lançou a Edição Limitada 2011 Cohiba 1966, em homenagem ao ano de fundação da fabrica.

Os charutos foram produzidos com folhas envelhecidas por dois anos, vindas das plantações de San Juan y Martinez, San Luis e Vuelta Abajo.

O formato é um Cañonazo Especial (Cepo 52 x 166mm), que se difere do outro cañonazo da marca, o Siglo VI (Cepo 52 x 150mm) no tamanho e no acabamento pigtail (rabo de porco) da cabeça do charuto, que evidencia que são feitos há mão por torcedores muito experientes e habilidosos.

Cohiba 1966 EdiçãoLimitada 2011 (1)

Os charutos serão apresentados em 10 unidades numa caixa de madeira envolta em uma caixa de papelão com o famoso logo e cores da Cohiba. Além da anilha tradicional da marca, vem com uma segunda anilha indicando Edição Limitada 2011.

A capa é sedosa, brilhante e de tonalidade escura que lembra a linha Maduro da Cohiba.

Sem dúvida, um charuto imponente e que promete agradar os paladares mais exigentes.

Obs.: A versão antiga do LBV está fora do ar, então selecionei alguns posts que acho interessantes e atemporais (esse é um deles).

Share

Comentários

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *