Serra Fluminense

Serra das Araras-13

Por algumas vezes tentamos visitar a Serra Fluminense, mas acabávamos optando pela óbvia e prazerosa combinação de praia, sol, botecos e restaurantes do Rio de Janeiro. No entanto, na última disputa acabamos optando por “subir” a montanha e visitar Teresópolis e Petrópolis.

Fomos de carro e o único incomodo é a serra para chegar na região fluminense. Muitos caminhões, pista estreita e asfalto irregular…Espero que com a recente concessão da BR-040 ao setor privado melhore o acesso à região.

Ficamos na Pousada das Araras (em Petrópolis), muito famoso no passado por receber eventos fechados da Globo e por ter uma vista sensacional das montanhas. O estilo rústico é dominante nos chalés distribuídos pelo espaço ocupado pela Pousada assim como restaurantes e áreas de lazer, a paisagem é incrível e o restaurante de boa qualidade.

Serra das Araras-2 Serra das Araras-4

No entanto, alguns pontos nos incomodaram: o restaurante não abriu para jantar numa segunda-feira em pleno feriado e a pousada não estava vazia (pelo contrário!), a manutenção do local como um todo poderia estar melhor (rústico não significa mal mantido) e a construção de uma casa para os proprietários no centro da pousada que descaracteriza o estilo rústico proposto (veja foto abaixo). Péssimo!!!

Petropolis-2

TERESÓPOLIS

Viagem curta (aproximadamente 1 hora de Petrópolis) e bem agradável, pois a vista das montanhas estava fantástica, principalmente porque o dia estava ensolarado. Isso também nos possibilitou a ter uma vista incrível do “Dedo de Deus” (cartão-postal de Teresópolis – fotos abaixo). Considerada como capital nacional do montanhismo por possuir várias formações montanhosas (Pedra do Sino, Agulha do Diabo, Pedra da Tartaruga e Mulher de Pedra) e também diversos parques excelentes para a pratica de esportes de aventura. Estivemos no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, mas infelizmente fomos despreparados caso contrário teríamos feito uma das diversas e trilhas.

Serra das Araras-14

Não podíamos deixar de visitar a Granja Comary , mas infelizmente nossa amada entidade não permite visitas e pudemos apenas tirar algumas fotos à distância (Será que já estavam querendo esconder algo?). Inadmissível que um país com tanta história no futebol não tenha as portas de local tão conhecido abertas (ainda que com acesso restrito) e/ou tenha um museu ou algo voltado ao povo brasileiro e turismo.

Serra das Araras-15

Voltando de Teresópolis, passamos por Itaipava (um bairro de Petrópolis), mas não tivemos muita sorte, primeiro porque não conseguimos visitar a cervejaria Itaipava pois não conseguimos agendar o tour e segundo porque não achamos na rua principal as tão famosas lojas de artesanato, então a passagem foi rápida.

PETRÓPOLIS

Petrópolis é a maior cidade e mais populosa cidade da Região da Serra Fluminense. Conhecida como Cidade Imperial, por ser rota preferida de Dom Pedro para seus momentos de lazer e repouso. É uma cidade histórica com muitos pontos turísticos e tivemos a oportunidade de visitar alguns deles: Museu Imperial (primeira foto), Catedral de São Pedro de Alcântara, Palácio Quitandinha (segunda foto abaixo), Centro Histórico, Museu Casa de Santos Dummont, Palácio de Cristal, Praça Nossa Senhora de Fátima (terceira foto abaixo).

Petropolis-1

Serra das Araras-20

Serra das Araras-19

 

Além disso, a cidade também é conhecida pelas cervejarias Itaipava, Bohemia e Imperial (esta não conhecíamos e adoramos a Pilsen). Em outro post, vamos falar sobre nossa visita à Bohemia.

Por fim, um dos maiores highlights da viagem foi a visita e almoço que fizemos ao Locanda dela Mimosa. Pousada situada em Petrópolis (há poucos km da cidade) com belíssima vista panorâmica para as montanhas e com um cardápio completo para os “Le Bon Vivants”: natureza, paz, luxo, gastronomia e um umidor de charutos para os amantes das baforadas. Da próxima vez, sem dúvida alguma ficaremos lá. E, para os que passarem pela região, sugerimos desfrutar um almoço ou jantar por lá.

Para os que tiverem a mesma dúvida que a nossa: RJ Serra Fluminense vs Praia, sem dúvida alguma vale optar subir pelo menos uma vez a serra e conhecer a região, sobretudo se for durante o inverno.

Share

Comentários

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *